GeoWeb

Design e Tecnologia.

Um dia em músicas

| 0 comments

Uma vez acho que publiquei no FB a seguinte frase… “Tem dias que é difícil. Mas, tem dias que é muito difícil.” Tem dias que é muito foda, pqp falta palavras pra descrever o que se passa.

Hoje vou colar apenas trechos das músicas que ouvi ao longo do dia que parecem calhar com o meu “belo” dia.

De manhã ouvindo rádio meu dia começou com U2 – I Still Haven’t Found What I’m Looking For

Eu corri, eu rastejei
Eu escalei os muros da cidade
Estes muros da cidade
Só para estar com você

Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando

Logo depois veio uma bem velhinha, mas sempre atual, Unchain My Heart do Joe Cocker

Liberte meu coração
porque você não se importa,
ajude-me, deixe-me livre

Liberte meu coração, querida deixe-me ir
Liberte meu coração, porque você não me ama mais
Todas às vezes que eu ligo pra você no telefone
Alguém me diz que você não está em casa
Liberte meu coração, deixe-me livre

Agora ao meio dia tocou uma que me deixou triste demais. Me fez lembrar um projeto de um vídeo clip que tinha na cabeça que nunca consegui fazer. Foi algo pensado e roteirizado pra uma história que havia idealizado porém algumas coisas com o passar dos anos acabam perdendo o sentido. Melhor, não perdem o sentido mas perdem parte da beleza que foi pensado originalmente. Não é tarde demais por minha cantora favorita Norah Jones – Not too late.

Diga-me como você esteve,
Diga o que você viu,
Diga-me que você gostaria de me ver também.

Porque meu coração está cheio de nenhum sangue,
Minha xícara está cheia de nenhum amor,
Não poderia tomar outro gole nem se eu quisesse.

Contínua… vamos ver o que a playlist vai me reservar…

17:58 update…

Pronto… acabou parte do dia e parte de mim. Depois de muitas tranqueiras rolando, finalmente uma música decente, porém triste demais, o gênio Cartola em O Mundo é um moinho

Ainda é cedo, amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora de partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção, querida
Embora eu saiba que estás resolvida
Em cada esquina cai um pouco a tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és

Ouça-me bem, amor
Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos, tão mesquinho.
Vai reduzir as ilusões a pó

Preste atenção, querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavaste com os teus pés

Chegou a hora de ir embora… hora de ir embora humpf… a gente sempre acha que não, mas amanhã será um novo dia. E pra terminar uma citação de Caio Fernando Abreu “Quando tudo, sem ele, é nada.”

Comments

comments

Leave a Reply

Required fields are marked *.